05/02/2016

05 Invenções Femininas

1. Escada de incêndio


O fogo tem sido um perigo nas comunidades, mas por volta do século XIX, prédios de apartamentos foram acrescentando andares assim como as fábricas e edifícios públicos
foram ficando cada vez maiores e muitas vezes feitos de madeira, de modo que em um incêndio queimavam rapidamente. Logo, parece óbvio que um prédio deva ter uma saída extra, caso a saída oficial seja obstruída pelo fogo. Mas, não era até 1887 quando Anna Connelly, uma inventora estadunidense teve a ideia e a patenteou, sendo uma das primeiras mulheres a registrar uma patente. Nessa época, as mulheres haviam acabado de conquistar o direito de ser donas de ideias.

2. Bote Salva-Vidas



Maria Beasley também se beneficiou do recém-adquirido direito das mulheres de registrarem patentes nos últimos anos do século XIX. Ela inventou o bote salva-vidas entre várias outras coisas, mas, não se sabe muito sobre Maria. Em 1884, ela exibiu várias de suas invenções no Cotton Centennial Exposition, em Nova Orleans, incluindo o bote salva-vidas. Presume-se que ela teve m bom lucro com sua criação. 

3. Limpador de Para-brisas



Num movimento de vai e vem ele serve para manter a transparência do para-brisas, em caso de chuva, eliminando o excesso de água através de escovas de borracha, fixadas a suportes metálicos. No início do século XX, a norte-americana Mary Anderson reparou que o motorista do trem precisava parar a cada cinco minutos para tirar a neve da frente do vidro. Quando chegou em casa, ela desenvolveu um dispositivo que envolvia um rodo e uma haste, tudo preso a um cabo que ia para dentro da cabine. Quando o vidro estava cheio de neve, o motorista puxava o cabo e o rodinho limpava o vidro sem que o trem precisasse parar. A patente foi obtida em 1903.

4. Energia Solar



A energia solar tem sido encarada como uma séria fonte de energia por ser renovável e por gerar grandes quantidades de energia que podem ser aproveitados pela tecnologia moderna, mas isso só foi possível graças a cientista e inventora húngaro-americana que trabalhou como biofísica nos Estados Unidos, Maria Telkes, que, em 1947, inventou o gerador de energia termelétrica para fornecer energia para uma residência e estava envolvida com pesquisas sobre energia solar no MIT. 

5. Seringa



Hoje em dia, viver sem uma seringa médica simplesmente não é possível. É amplamente e excessivamente utilizada em, hospitais, clínicas privadas, laboratórios de pesquisa... Esta maravilhosa criação se deu após Letitia Geer perceber que os médicos precisavam usar as duas mãos para dar uma injeção, então em 1899 ela criou a seringa médica, com um êmbolo que permitia apertar com somente uma das mãos.