28/09/2015

Martha J. Coston: Desenvolvedora das Chamas Pirotécnias

Aos 21 anos de idade, Martha J. Coston viu-se viúva e com quatro filhos para criar. Quando seu marido, um ex-cientista naval morreu deixando para trás apenas um esboço em um diário de planos para as chamas pirotécnicas. Martha encontrou esse diário e decidiu
desenvolver a idéia dum sistema elaborado de foguetes chamado Night Signals que permitiria aos navios a comunicação de mensagens noturna.

Aos 21 anos de idade, Martha J. Coston viu-se viúva e com quatro filhos para criar. Quando seu marido, um ex-cientista naval morreu deixando para trás apenas um esboço em um diário de planos para as chamas pirotécnicas. Martha encontrou esse diário e decidiu desenvolver a idéia dum sistema elaborado de foguetes chamado Night Signals que permitiria aos navios a comunicação de mensagens noturna.

Mas antes que pudesse apresentar um projeto, ela enfrentou dois grandes desafios. Primeiro, as chamas tinham que ser simples o suficiente para usar em combinações de cores codificadas e em segundo, teriam que ser brilhantes e de longa duração, para que fossem ferramentas eficazes na comunicação.

Depois de vários anos trabalhando no projeto, Martha teve a ideia de usar a tecnologia de fogos de artifício como base, e inventou um sistema de sinalização de foguetes marítima com base na cor e padrão. Usando várias combinações de cores, estas erupções tornaram a comunicação de navio-navio e navio-costa possível.

Martha Coston deu a seu falecido marido os créditos da primeira patente para as chamas, mas em 1871 ela recebeu uma patente para umamelhoria exclusivamente dela.

A partir do final de 1970, a Sociedade de Abastecimento de Coston estabelecido pela Sra. Coston permaneceu no negócio. Este sistema de foguetes de sinalização de longa duração revolucionou a comunicação naval e continua em uso nos dias atuais.