31/08/2015

Day Siqueira futura Engenheira Civil

Olá meninas, passamos por problemas de hospedagem do blog, então vou "re-postar" nossas matérias, e abaixo segue a entrevista com Dayane Siqueira da Silva, Brasília - DF, que atualmente trabalha como Técnica em Edificações e cursa Engenharia Civil.

Dayane Siqueira, Engenharia Civil
ME - Antes de conhecermos seu lado profissional, poderia nos dizer um pouco sobre seus hobbies e o que gosta de fazer fora do trabalho?

Gosto Muito de ler, assistir filmes e séries, sair com meus amigos, passear e levar meu "dog" para nadar, SUP( Standup Padlle) no lago Paranoá, cinema, shopping com "mamis", trilha de Jeep com "papis", viajar... Enfim gosto de estar sempre rodeada de quem amo.

ME - Agora, algo que todos querem saber. Por que Engenharia?

Porque já trabalho na área e como me apaixonei, não me vejo fazendo nada que não seja ligado
a Engenharia, e a liberdade de trabalhar sem ficar presa a um escritório me faz amar cada dia mais a engenharia.

ME - E quais as dificuldades encontradas no início da carreira? Teve alguma?

As barreiras encontradas é de na época ter poucas mulheres no mercado e com isso não ter muita credibilidade, mas com o passar do tempo aprendi a me impor, respeitar e ganhar muito respeito no ambiente de trabalho

ME - Alguns dizem que por ser mulher existe certo receio em trabalhar nessa área, pois terá que colocar a “mão na massa” e se sujar. Como descreveria a área em que atua?

Quando se faz o que gosta não tem problema algum em andar “sujinha”, mas a Engenharia não te torna menos mulher, lógico que tem que amar muito o que faz, porque andar de coque alto, botinha, calça jeans e camiseta mais folgadinha o dia todo não é pra qualquer um!!! Rsrs 

Mas existem bons protetores solares que parece base, usar um rímel e um gloss, nos deixa mais bonitinhas!!!

ME - Com certeza trabalha com homens. Já teve alguma ocasião inusitada?

Bom, quando se chega numa obra você pode está de Burca, vai escutar uns assovios, uns gostosas... Mas aprendi a tratar todos muito bem, dentro dos limites e com o passar dos anos eles (os colaboradores), aprenderam a me respeitar muito e fico lisonjeada em não ter nenhum desenho nas paredes dos sanitários, por conta de tamanho respeito que eles tem por mim!!!

ME - Tens alguma sugestão para quem está iniciando não só a carreira agora, mas a faculdade também?

Olha, respeito e educação cabe em todos os lugares, não é a cor do capacete que te diferencia dos outros, e sim o modo como trata qualquer um ao seu redor!

Um bom dia, com licença, por favor é muito básico, mas que te diferencia muito em meio as pessoas, que na grande maioria das vezes tem uma história bem sofrida e que os tornam meio brutos, mas nada que saber tratar as pessoas bem para se chegar a objetivos comuns!

Falo pela Civil "né", onde ser Engenheiro nada mais é que ser um bom administrador e conciliador de conflitos, porque sem os colaboradores não se chega a lugar nenhum, e ter uma equipe que confia e te respeita faz uma grande diferença nos resultados finais.

ME - Gostaria de falar ou acrescentar algo que não foi citado na entrevista? 

Gostaria de falar o que não é falado diariamente, pois tem muita gente entrando na Civil porque é moda ou porque acha que vai ficar rico, mas não é bem assim. Precisa de muita dedicação e de amor ao que se faz, ninguém abdica de uma grande parte da vida pra fazer o que não gosta. Então, quem tá entrando ou que pretende entrar nessa área, pesquise muito e veja se vai conseguir viver pra sempre tendo que abrir sempre mão de algumas coisas na vida, e se você vai estar feliz a cada dia que se levantar na maioria das vezes bem cedo pra fazer sua obrigação, que pra quem ama, é muito mais gratificante do que massante.

Day! Muito obrigada pela disposição em atender o Mulheres na Engenharia sucesso na carreira e na caminhada. 

Gostou da entrevista e estaria disposta a nos ajudar também? Entre em contato que responderemos o mais breve possível, nosso email é o engenhariamulher@gmail.com